Categoria: <span>Notícias</span>

Psicanálise e Arte em Sessão – Filme Relatos Selvagens

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 28 de junho de 2019
Hora: 19h00

Relatos Selvagens
Filme de Damián Szifron

Comentários
Régis Frota | Cineasta
Lourdes Negreiros | Psicanalista SPFOR

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

Sinopse

O filme do argentino Damián Szifrón é composto, de seis  episódios independentes, mas que se entrelaçam  tematicamente, costurando uma série de reflexões sobre a agressividade e apontando a  tênue separação entre o humano e o selvagem. Uma obra sobre o ódio  em situações extremas, o longa investiga com acidez   e  humor negro a atual sociedade que construímos e alguns de seus mais profundos vícios e angústias. Vingança, frustração,violência, mágoa, traição e sede de poder, permeiam o funcionamento dos personagens denunciando   que em situações limite a agressividade pose ser atuada de forma selvagem.
Os relatos selvagens conduzidos por Szifrón fazem com que o espectador seja convidado a transitar entre o humor e a violência dramática e nos  provoca a  pensar sobre o limite frágil que separa a civilização da  barbárie.
Afinal ate onde somos capazes de ir quando confrontados com situações quer nos incitam a perder o controle?

Psicanálise e Arte em Sessão – A infância de um chefe

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 26 de abril de 2019
Hora: 19h00

A infância de um chefe
Cap.do livro O Muro de Jean-Paul Sartre

Comentários

Atilio Bergamini | Doutor em Literatura Brasileira pela UFRGS, professor de Literatura do Curso de Letras e do Programa de pós-graduação em Letras da Universidade Federal do Ceará

Valton de Miranda Leitão | psicanalista didata SPFOR

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

 

Programa Escutar e Pensar

Programa Escutar e Pensar

Tema: Violência contra a Criança
Apresentação: Maria Livia Marchon

Data: 22  de março de 2019
Horário: 14h às 15h
Rádio Universitária FM 107.9
www.radiouniversitariafm.com.br

CONVIDADOS

ALMIR DE CASTRO NEVES FILHO
Professor de Pediatria e Medicina do Adolescente
Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará

FLÁVIA MELO BRASIL
Psicóloga e Psicanalista da SPFOR

Participe do Programa
Telefone: 3366.7474

Programa Escutar e Pensar – A importância dos livros

Programa Escutar e Pensar

1º Programa ao vivo de 2019

Tema: A importância dos livros
Apresentação: Maria Livia Marchon

Data: 01 de fevereiro de 2019
Horário: 14h às 15h
Rádio Universitária FM 107.9
www.radiouniversitariafm.com.br

CONVIDADOS

WALMY SIVEIRA PEREIRA
Psicanalista da SPFOR

MAICON ARAÚJO DOS SANTOS
Professor de Literatura da UECE

Participe do Programa
Telefone: 3366.7474
[email protected]

Psicanálise e Arte em Sessão

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 23 de novembro
Hora: 19h00

Num diálogo com a filosofia

DISCURSO SOBRE A SERVIDÃO VOLUNTÁRIA
ÉTIENNE DE LA BOÉTIE

Comentado por:

Carlo Tursi | Teólogo (UVA) professor de filosofia, teologia, psicologia e Ciências das religiões no Uni7, Universidade sem
fronteiras e Spazio Nova Idade

Barbosa Coutinho | Psicanalista da SPFOR
Maria José de Andrade Souza | Psicanalista da SPFOR
Walmy Silveira | Psicanalista da SPFOR

 

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

 

O brilhante texto de Étienne de la Boétie, filósofo século XVI coloca em discussão um dos bens mais preciosos que possuímos: a liberdade. O quanto estamos dispostos a usufruí-la e defendê-la ou entregá-la aos tiranos. Sob a ótica da psicanálise de Freud a questão é complexa pois o homem é governado também por forças inconscientes, sendo em muitos casos nosso maior tirano o superego. Além dos ângulos filosófico e psicanalítico, o texto poderia ser visto ainda de um ângulo sociológico, histórico e político. Venha a nosso evento para nos enriquecer com sua opinião, será muito bem-vindo.

 

Encontro Nupse – Anal e Sexual, de 1916

Anal e Sexual, de 1916, influenciou os escritos de Freud e foi o único texto de Lou Salomé citado por ele. Ainda assim, é praticamente desconhecido pelos psicanalistas. No Brasil, existe apenas uma tradução publicada, pela Associação Psicanalítica de Porto Alegre, que gentilmente nos enviou o texto (In: A Necessidade da Neurose Obsessiva . APPOA, 2003, 126 p.).
O NUPSE (Núcleo de Psicanálise e Sexualidade) da SPFOR convida você a conhecer e discutir essa obra da “Poeta da Psicanálise”, como a chamava Freud.
O texto está disponível no link a seguir: Anal e sexual

Dia 03 de Novembro, Sábado, na sede da SPFOR. Até lá!

 

 

 

DEMOCRACIA, SIM! – Manifesto da Febrapsi

A Sociedade Psicanalítica de Fortaleza (SPFOR), após consulta a seus membros, decidiu por maioria, vir a público manifestar seu apoio e subscrever ao Manifesto pela Democracia, emitido pela Federação Brasileira de Psicanálise (FEBRAPSI).
Sociedade Psicanalítica de Fortaleza.

Abaixo publicamos o Manifesto.

DEMOCRACIA, SIM! – Manifesto da Febrapsi

Com o encerramento do primeiro turno das eleições, confirmou-se a polarização que as pesquisas já indicavam.

São inúmeros e distintos os motivos que levam as pessoas a escolher seus candidatos, bem como aqueles em quem jamais votariam. Não raro, cada um tende a achar que seus motivos estão acima dos demais.

A atual eleição foi marcada pela vitória do “não”, seja como expressão do rechaço aos posicionamentos de um dos candidatos ou da rejeição à história de um dos partidos.

Cabe a nós psicanalistas, defensores intransigentes da democracia, pensarmos o que cada um dos agrupamentos de “nãos” defende; mas, principalmente, o que eles escondem, negam, denegam, recusam. Como bem nos ensina Freud sobre o negativo no inconsciente.

Não raro, moraliza-se, critica-se, denigre-se, contestam-se escolhas motivadas por pressupostos diferentes dos que se têm como referências.

A democracia é uma profissão de fé. Ela pode dar guarida ao inferno que se enxerga na posição dos outros e, também, pode proteger de quem vê o demônio em nós (ou vice-versa). Fora da democracia, tratamos as diferenças com os irmãos através das torturas, fogueiras, terrorismos, exílios, patrulhamentos moralistas.

A história mostra que esse é o clima mais propício para o pior dos mundos: o aprisionamento/homicídio/suicídio da própria democracia.

A Psicanálise em seu papel de busca permanente das verdades mais profundas, como citou Roudinesco, periodicamente é atacada “como ciência judaica pelos nazistas, como ciência burguesa pelos stalinistas, como falsa ciência pelos adeptos contemporâneos do comportamentalismo”. Horenstein, ao fazer esta citação, acrescenta: como ciência satânica pelos fundamentalistas religiosos e é à democracia que se deve a sua existência e manutenção.

A Febrapsi, em tão importante momento, não foge ao seu papel. Ela é Democracia! Sem que isso implique uma negação dos seus problemas e limitações.

Como casa de intelectuais, por meio do Observatório Psicanalítico, a Febrapsi abre espaço para que pontos de vistas sejam defendidos, debatidos, rebatidos, questionados. Isso com as devidas responsabilidades pessoais pelas opiniões emitidas e pelo respeito ao direito de contraditórios. Seria estranho se nesse momento não tivéssemos divergências entre nós.

Cabe a cada um defender suas convicções. Como instituição, defenderemos o sagrado resultado da subjetividade expressa pelos votos de cada um.

Hemerson Ari Mendes
Diretor do Conselho Profissional da Febrapsi

Cláudia Carneiro
Diretora de Publicações e Divulgação da Febrapsi

Anette Blaya Luz
Presidente da Febrapsi

III Jornada SPFOR

Inscrições abertas para III Jornada de Psicanálise da SPFOR

Tema: O Estranho em Nós.

Data: 31 de agosto e 01 de setembro de 2018

Hotel Luzeiros – Fortaleza-CE

Formulário de inscrição:  FORMULARIO_DE_INSCRIÇÃO_III_JORNADA_SPFOR_2018


PROGRAMAÇÃO

SEXTA-FEIRA 31/08/2018

CREDENCIAMENTO  13:30 – 14:45 CREDENCIAMENTO  13:30 – 14:45

MESA 1    15:00 – 16:10 Coordenação Carolina Picanço | SPFOR

15:00- 15:20      A medusa moderna – bom olhado versus mau olhado Valton Miranda Leitão | SPFOR
15:20 – 15:40      O  homem duplicado de Freud a Saramago   Barbosa Coutinho | SPFOR
15:40 – 16:10      Discussão

MESA 2 16:20 – 17:30   Coordenação Margareth Regadas | SPFOR

16:20 – 16:40      A estranheza nos contos fantásticos  Mônica B. Bastos | Marcela Mello  Ranier  | SPFOR
16:40 – 17:00      O estranho tão familiar em sonhos  Sônia Lobo | Ina Gonzaga | SPFOR
17:00 – 17:30    Discussão

INTERVALO  – 17:30 – 18:30

CERIMÔNIA DE ABERTURA  – 18:30 – 20:00APRESENTAÇÃO ARTÍSTICA –  Orquestra de Câmara Villa-Lobos CONFERÊNCIA  – O médico sem fronteiras habita em nós?       Paulo Marchon | SPFOR

SÁBADO – 01/09/2018 
MESA 1 8:30 – 10:00   Coordenação Erbon Araújo | SPFOR
8:30 – 8:50      O estranho/familiar na relação mãe-bebê Haydée Brito | Maria José Andrade Sousa | SPFOR
8:50 – 9:10      O estranho trabalho do analista – “Me alugo para sonhar”  Petrônio Magalhães Júnior | Regina Esteves | SPFOR
9:10 – 9:30      O que aconteceu antes?   Paulo Marchon | SPFOR
9:30 – 10:00    Discussão
INTERVALO  10:00 – 10:30

MESA 2 10:30 – 12:00
Coordenação Mônica Bastos | SPFOR

10:30 – 10:50 Esse estranho desejo de repetir um mau negócio
Lourdes Negreiros | SPFOR

10:50 – 11:10 Mudança psíquica: o bem-vindo estranho na
sala de análise
Denise Studart Alencar | SPFOR

11:10 – 11:30 Recordar, repetir e perpetuar
Flávia M. Saraiva Brasil Mello | SPFOR

11:30 – 12:00 Discussão

INTERVALO 12:00 – 14:00

MESA 3 –  14:00 – 15:10
Coordenação João Amaral | SPFOR

14:00 – 14:20 O estranho na formação psicanalítica
Helder Pinheiro | SPFOR

14:20 – 14:40 O Estranho mundo de Chico da Silva
José Alves Gurgel | SPFOR

14:40 – 15:10 Discussão

MESA 4 – 15:20 – 17:00
Coordenação Francisco Vale | SPFOR

15:20 – 15:40 O estranho que me habita: As dores crônicas
fibromiálgicas – uma perspectiva da
psicossomática psicanalítica
Carolina Cavalcanti Henriques – SPRPE

15:40 – 16:00 Entrevista com Esfinge: a mágica da palavra
Rosane Muller | SPFOR

16:00 – 16:30 Discussão

MESA 5 – 16:40 – 17:50
Coordenação Eliane Souto de Abreu | SPFOR

16:40 – 17:00 Do estranho ao recalque na sexualidade da
contemporaneidade
Galba Lobo Jr. | SPFOR

17:00 – 17:20 Gênero: O desafio não binário
Walmy Silveira | SPFOR

17:20 – 17:50 Discussão

ENCERRAMENTO 18:00 – 18:30

VIII Jornada de Psicanálise – 19 a 21.09.2024

“Caminhos do Trauma” será o tema da nossa próxima Jornada de Psicanálise. Marque na agenda: de 19 a 21 de …

Curso “Psicanálise: Teoria e Método”

INSCRIÇÕES ENCERRADAS – NOVA TURMA EM 2025 Curso “Psicanálise: Teoria e Método”, uma iniciativa da Sociedade …

VII Jornada de Psicanálise da Spfor

Diversidade no mundo e na clínica psicanalítica Data: 29 e 30 de setembro de 2023 – Hotel Mareiro – Fortaleza-CE …