Blog da SPFOR

Notícias, artigos e informações sobre atividades, cursos e jornadas.

V Jornada de Psicanálise da SPFOR – “Laços de Amor e Dor”

Laços de Amor e Dor: V Jornada de Psicanálise da SPFOR
28 a 30 de outubro de 2021
Plataforma Zoom

Inscrições via Sympla pelo link:

https://www.sympla.com.br/v-jornada-de-psicanalise-da-spfor—lacos-de-amor-e-dor__1360302

“O que é o amor
senão a pressa
da presa
em prender-se?

A pressa
da presa
em
perder-se.

(Ana Martins Marques, Caçada)

As inscrições para a V Jornada da SPFOR: Laços de Amor e Dor estão abertas. Destacamos que primeiro lote tem valores promocionais.

Contamos com a presença de todos!

PROGRAMAÇÃO 

QUINTA-FEIRA –  28 outubro de 2021

ABERTURA – 18h30  às 19h00

Cíntia Xavier de Albuquerque – Presidente da Febrapsi/SPBsb

Petrônio Magalhães – Presidente da SPFOR

Coordenação:  Rosane Muller Costa – Diretora Científica da SPFOR

 

Número Musical:  Paulo José Benevides

 

MESA 1 – 19h00 às 21h00 – Psicologia das Massas e Análise do Eu na atualidade

Bernard Miodownik – Febrapsi/SBPRJ

Valton de Miranda Leitão – SPFOR

Coordenação:  Rosane Muller Costa – SPFOR

Mediação:  Petrônio Magalhães – SPFOR

 

SEXTA-FEIRA, 29 de outubro de 2021

 

MESA 2 – 9h00 às 11h00  – Pandemia:  ressonâncias na práxis psicanalítica

Laços e desenlaces entre a psiquiatria e a psicanálise:  a experiência da Residência da Psiquiatria do HUWC/UFC  – José  Alves Gurgel – Febrapsi/ SPFOR

As (des)venturas da descontinuidade  – Marcela Mello Ranier – SPFOR

Laços de onipotência e culpa no funcionamento psíquico obsessivo  – Lourdes Negreiros – Coordenadora do Núcleo de Psicanálise da Infância e da Adolescência da SPFOR

Coordenação:  Erbon Elbsocaierbe de  Araújo – SPFOR

Mediação:  Angélica Almada Horta Monteiro – SPFOR

 

MESA 3 – 11h15 às 13h15  – Relações  raciais no Brasil

Racismo institucional – Wânia Cidade  – Diretora de Comunidade e Cultura da Febrapsi/ SBPRJ

Branquitude na sociedade brasileira – Deborah Medeiros – Psicóloga, consultora de diversidade e inclusão em produções audiovisuais.

Desigualdades raciais e políticas de promoção de igualdade racial no Ceará – Martír Silva – Presidenta do Conselho Estadual de Igualdade Racial (COEPIR – CE) e Coordenadora Especial de Políticas Públicas de Promoção da Igualdade Racial.

Coordenação:  Maria José de Andrade Souza  – Coordenadora da Comissão de Comunidade e Cultura da SPFOR

Mediação:  Walmy Silveira Pereira –  SPFOR

 

INTERVALO  ALMOÇO

 

MESA 4 – 15h30 às 17h30   – Laços de amor,  laços violentos

De Lampião e Maria Bonita a DJ Ivis e Pâmela: a violência de gênero no Nordeste  – Lina Schlachter Castro – SPFOR

Masoquismo: essa estranha hidra de várias cabeças – Rosane Muller Costa – SPFOR

Uma tragédia entre a paixão e a dor – Sônia Lobo – SPFOR

Coordenação:  Eliane Souto de  Abreu –  SPFOR

Mediação:  Helder Pinheiro – SPFOR

 

MESA 5 – 17h45 às 19h15 – A (r)evolução das drogas

A maconha e nós – Paulo Marchon – SPFOR

Comentários sobre o texto “A maconha e nós – Roberto Martins – SBPRJ

Coordenação:  Marucia Luna Benevides –  SPFOR

Mediação:  Erbon Elbsocaierbe de Araújo – SPFOR

 

SÁBADO –  30 de outubro de 2021

 

MESA 6 – 9h00 às 11h00 – Laços de amor e  dor:  um estudo teórico-clínico

Tudo sobre Meu Pai (o filme) – Eliane Souto de  Abreu – SPFOR

O tempo do luto na pandemia – Inês Carolina Benevides – SPFOR e Keila Targino Nascimento – SPFOR

O ritmo, o tempo, o espaço  – Denile Silva Thé Lousada –  SPFOR

Coordenação:  Rosane Muller Costa – SPFOR

Mediação:  Daniel Franco de Carvalho – SPFOR

 

MESA 7 – 11h15 às 13h15 – Laços:  Psicanálise e Arte

Resurgentis:  a vida que insiste – Sergio Helle – Artista Visual

Resurgentis: laços psicanalíticos – Ana Valeska Maia Magalhães – SPFOR

Psicanálise e vida real – Karina Rodrigues Bernardes – SPFOR

Coordenação:  Petrônio Magalhães – SPFOR

Mediação:  Maria Haydée  Augusto Brito – Diretora do Instituto de Formação – SPFOR

 

Encerramento – 13h15 às 13h45

Petrônio Magalhães – SPFOR

Rosane Muller Costa – SPFOR

Comissão organizadora da Jornada

 

Número musical gravado

 

 

 

I Jornada de 0 a 3 anos – campo analítico privilegiado para clínica, prevenção e investigação

No dia 11 de setembro de 2021, às 9:30, o NUPIA (Núcleo de Psicanálise da Infância e da Adolescência) da SPFOR receberá a psicanalista Alicia Lisondo para discutir sobre “A clínica de 0 a 3 anos: campo analítico privilegiado para clínica, prevenção e investigação”. A atividade será coordenada por Lourdes Negreiros e Silvana Barros.

O evento será gratuito e aberto ao público.

Inscrições a partir do e-mail fprprodutora@gmail.com

 

Psicanálise & Arte – agosto

No Psicanálise e Arte do mês de agosto, Helder Pinheiro receberá o produtor, diretor e roteirista cinematográfico Francisco Ramalho Júnior e a psicanalista Eliane Souto de Abreu para conversarem sobre o filme Meu Pai.

Meu Pai (The father, 2020), longa de Florian Zeller, é um filme em que o público é convocado a enxergar o mundo como Anthony (personagem de Anthony Hopkins). Em uma atmosfera difícil de saber no que confiar, o filme aborda temas como velhice e paternidade. Afinal, sua filha Anne (personagem de Olívia Colman) vive, com o pai, momentos de muitas incertezas e dificuldades.

O filme pode ser visto como um “trailer” do inconsciente. Em nosso programa, será questionado o retraimento dos afetos entre o paciente com demência e seus cuidadores mais próximos, e pensadas formas de lidar com a doença. Discutiremos sobre o que resiste (os afetos, a necessidade de contato físico pele-a-pele, a busca de amor) diante do que já se foi, levado pela demência.

Dia 27 de agosto, às 20h, no canal da SPFOR do Youtube

https://www.youtube.com/c/SPFOR/featured

Psicanálise e Arte em Sessão -“Pera, uva ou maçã?” e “Caixinha de música”,

No Psicanálise e Arte em Sessão do mês de junho, o psicanalista Walmy Silveira receberá a jornalista Iana Soares e o psicanalista Emilio Salle para uma conversa sobre os contos “Pera, uva ou maçã?” e “Caixinha de música”, do livro “Morangos Mofados” de Caio Fernando Abreu.

Iana Soares fará considerações acerca da poética de Caio Fernando Abreu e de como articula, por meio de uma escrita singular, reflexões profundas sobre a existência humana, tocando em dores, fracassos, medos e sonhos. Além de investigar a escrita de Caio, Iana pensará sobre os nossos próprios gestos cotidianos e como se relacionam com nossos desejos, emoções e imaginações.

A partir do conto “Caixinha de música”, Emilio Salle apresentará a mente do analista em sessão. Sua discussão será complementada com a mente do autor, como analista, no conto “Pera, uva ou maçã?”

Dia 25 de junho, às 20h, no canal da SPFOR no YouTube.⠀

Psicanalise e arte em sessão – O racismo estrutural e arte

Como o racismo se manifesta na estrutura da sociedade, nas falas e ações dos indivíduos, nas instituições e nos círculos de poder?
Como a psicanálise e a sociologia contribuem para a análise do racismo estrutural?
No Psicanálise e Arte em Sessão do mês de maio, a psicanalista Maria José de Andrade Souza receberá o cientista social Hebert Lima e o psicanalista da SPFOR Valton Miranda para um debate sobre o racismo estrutural. Valton Miranda trará reflexões sobre a produção literária de Lima Barreto, em especial o livro “Recordações do escrivão Isaías Caminha”, e Hebert Lima discutirá duas obras cinematográficas recentes: “Dois Estranhos”, filme com temática de perseguição e discriminação racial ganhador do Oscar 2020 de Melhor Curta-Metragem de ficção, e o filme “Monstro”, drama judicial que aborda a história de um estudante adolescente negro que é preso acusado de ser cúmplice de um assalto a uma loja de conveniência.

Dia 28 de maio, às 20h, no canal da SPFOR no YouTube.

 

Menino Henry

O choque diante da morte violenta de um menino de apenas 4 anos é também um alerta para a necessidade de escutar as crianças e identificar sinais de sofrimento, negligência e/ou violência.⠀

Henry manifestou ansiedade. Era uma criança acuada, com medo, tinha vômitos frequentes, choro constante. Verbalizou que não gostaria de voltar para casa da mãe. ⠀

As crianças comunicam suas emoções e vivências. É necessário escutá-las, considerar com responsabilidade o teor do que dizem, assim como atentar para a qualidade dos laços de apego que estabelecem com seu entorno.⠀⠀

Alguns mitos sobre o amor materno e paterno ainda permanecem em nosso imaginário social. Porém, os laços de amor e de cuidado são construídos. Nem todo adulto que gera uma criança é capaz de cuidar e proteger, por isso o cuidado com uma criança é um dever da família de maneira ampla, extensivo à sociedade e ao Estado. ⠀

Freud nos ensina que é somente no laço que o ser humano pode desenvolver a mansidão, a capacidade de amar e de considerar o outro, de fazer florescer a empatia. Que esse laço se faça no olhar de cada um de nós. Afinal de contas, como aponta o provérbio nigeriano, “é preciso uma vila inteira para cuidar de uma criança”.⠀⠀

NUPIA – Núcleo de Psicanálise da Infância e Adolescência.⠀
🔹https://www.spfor.com.br/⠀

Psicanalise e Arte em Sessão – Hamlet

Por que Hamlet, grande tragédia de William Shakespeare, escrita em 1601, continua tão atual e ainda encanta amantes da Literatura e da Psicanálise? Como essa obra se situa dentro da época, da obra e da vida do autor? Que problemática humana aborda com mestria inigualável? Voltemos a essa obra que, como as demais de Shakespeare, não foi escrita apenas para ser representada, mas também para ser lida. Reflitamos sobre a vida a partir dela.

No dia 26/03/2021, sexta-feira, às 20h, pelo canal da SPFOR no YouTube, receberemos a mestre em Letras e escritora Maria Lívia Marchon e o psicanalista Paulo Marchon. A coordenação do Psicanálise e Arte em sessão será realizada pelo psicanalista Walmy Silveira.

https://youtube.com/c/SPFOR

Psicanálise e Arte em Sessão – 1984 George Orwell

1984
George Orwell

Coordenadora

Maria José de Andrade Souza
Membro efetivo (IPA)
Analista didata (SPFOR)
Coordenadora do Psicanálise e Arte em sessão

Comentaristas

Irlys Barreira
Professora de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará (UFC)
Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP)

Sérgio Telles
Psicanalista e escritor
Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae (São Paulo).

1984, de George Orwell, representa uma alegoria de uma sociedade inteiramente dominada pelo Estado. A observação vigilante do poder supõe uma intervenção até na linguagem.

O livro fundamenta-se na busca da interpretação única (uma só versão do passado e do presente) capaz de manter o controle sobre a vida social e individual, suscitando reflexões ao mostrar que o controle das massas através da manipulação da linguagem e do uso da mentira institucionalizada pelo Estado não se atém apenas ao totalitarismo, pois pode acontecer em regimes democráticos.

Vivemos na era das fake news, da pós-verdade, das teorias conspiratórias, do fanatismo ideológico. O que a psicanálise tem a dizer sobre isso?

No dia 29/01/2021, às 20h, pelo canal da SPFOR no YouTube, receberemos a socióloga e professora Irlys Barreira e o psicanalista e escritor Sérgio Telles. A coordenação do Psicanálise e Arte em sessão será realizada pela psicanalista Maria José de Andrade Souza.

Psicanálise & Arte em Sessão – A Poesia de Alberto Caeiro

Psicanálise & Arte em Sessão – A Poesia de Alberto Caeiro
Data: 27.11.2020 às 20h

Canal do Youtube da SPFOR

Coordenação: Maria José de Andrade Souza
Membro efetivo (IPA)
Analista didata (SPFOR)
Membro associado (SBPSP)

Convidados

Saulo Lemos
Doutor em Literatura Comparada (UFC)
Professor de Literaturas de Língua Portuguesa (FECLI-UECE)

Haydée Brito
Analista didata (SPFOR)
Doutora em ciências (USP)
Médica neonatologista (UFC)

Psicanálise & Arte em Sessão – Arte e Incerteza

Psicanálise & Arte em Sessão – Arte e Incerteza
Data: 30.10.2020 às 20h

Canal do Youtube da SPFOR

Convidadas

Ana Valeska Maia Magalhães
Mestra em Políticas Públicas. Psicóloga e psicanalista em formação pela Spfor. Bacharel em Artes Visuais.
Professora de História da Arte.

Luciana Eloy
Mestra em Artes. Bacharel em Artes Visuais. Curadora. Professora de História da Arte.

V Jornada de Psicanálise da SPFOR – “Laços de Amor e Dor”

Laços de Amor e Dor: V Jornada de Psicanálise da SPFOR 28 a 30 de outubro de 2021 Plataforma Zoom Inscrições via Sympla …

I Jornada de 0 a 3 anos – campo analítico privilegiado para clínica, prevenção e investigação

No dia 11 de setembro de 2021, às 9:30, o NUPIA (Núcleo de Psicanálise da Infância e da Adolescência) da SPFOR receberá …

Psicanálise & Arte – agosto

No Psicanálise e Arte do mês de agosto, Helder Pinheiro receberá o produtor, diretor e roteirista cinematográfico Francisco …