Categoria: Psicanálise e Arte

Psicanalise e Arte em Sessão – Hamlet

Por que Hamlet, grande tragédia de William Shakespeare, escrita em 1601, continua tão atual e ainda encanta amantes da Literatura e da Psicanálise? Como essa obra se situa dentro da época, da obra e da vida do autor? Que problemática humana aborda com mestria inigualável? Voltemos a essa obra que, como as demais de Shakespeare, não foi escrita apenas para ser representada, mas também para ser lida. Reflitamos sobre a vida a partir dela.

No dia 26/03/2021, sexta-feira, às 20h, pelo canal da SPFOR no YouTube, receberemos a mestre em Letras e escritora Maria Lívia Marchon e o psicanalista Paulo Marchon. A coordenação do Psicanálise e Arte em sessão será realizada pelo psicanalista Walmy Silveira.

https://youtube.com/c/SPFOR

Psicanálise e Arte em Sessão – 1984 George Orwell

1984
George Orwell

Coordenadora

Maria José de Andrade Souza
Membro efetivo (IPA)
Analista didata (SPFOR)
Coordenadora do Psicanálise e Arte em sessão

Comentaristas

Irlys Barreira
Professora de Pós-graduação em Sociologia da Universidade Federal do Ceará (UFC)
Doutora em Sociologia pela Universidade de São Paulo (USP)

Sérgio Telles
Psicanalista e escritor
Membro do Departamento de Psicanálise do Instituto Sedes Sapientiae (São Paulo).

1984, de George Orwell, representa uma alegoria de uma sociedade inteiramente dominada pelo Estado. A observação vigilante do poder supõe uma intervenção até na linguagem.

O livro fundamenta-se na busca da interpretação única (uma só versão do passado e do presente) capaz de manter o controle sobre a vida social e individual, suscitando reflexões ao mostrar que o controle das massas através da manipulação da linguagem e do uso da mentira institucionalizada pelo Estado não se atém apenas ao totalitarismo, pois pode acontecer em regimes democráticos.

Vivemos na era das fake news, da pós-verdade, das teorias conspiratórias, do fanatismo ideológico. O que a psicanálise tem a dizer sobre isso?

No dia 29/01/2021, às 20h, pelo canal da SPFOR no YouTube, receberemos a socióloga e professora Irlys Barreira e o psicanalista e escritor Sérgio Telles. A coordenação do Psicanálise e Arte em sessão será realizada pela psicanalista Maria José de Andrade Souza.

Psicanálise & Arte em Sessão – A Poesia de Alberto Caeiro

Psicanálise & Arte em Sessão – A Poesia de Alberto Caeiro
Data: 27.11.2020 às 20h

Canal do Youtube da SPFOR

Coordenação: Maria José de Andrade Souza
Membro efetivo (IPA)
Analista didata (SPFOR)
Membro associado (SBPSP)

Convidados

Saulo Lemos
Doutor em Literatura Comparada (UFC)
Professor de Literaturas de Língua Portuguesa (FECLI-UECE)

Haydée Brito
Analista didata (SPFOR)
Doutora em ciências (USP)
Médica neonatologista (UFC)

Psicanálise & Arte em Sessão – Arte e Incerteza

Psicanálise & Arte em Sessão – Arte e Incerteza
Data: 30.10.2020 às 20h

Canal do Youtube da SPFOR

Convidadas

Ana Valeska Maia Magalhães
Mestra em Políticas Públicas. Psicóloga e psicanalista em formação pela Spfor. Bacharel em Artes Visuais.
Professora de História da Arte.

Luciana Eloy
Mestra em Artes. Bacharel em Artes Visuais. Curadora. Professora de História da Arte.

Psicanálise e Arte em Sessão – Filme Coringa

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura – Shopping RioMar
Data: 31 de janeiro 2020 – 19h
Hora: 19h00

CORINGA
Filme de Todd Phillips

Comentários

César Barreira – Coordenador Colégio de Estudos Avançados da UFC
Rosane Müller – Analista didata SPFOR e Professora UNIFOR

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

Sinopse CORINGA
Por Rosane Müller

O filme Coringa (Joker, Estados Unidos, 2019) conta a história da transformação de Arthur Fleck, empregado como palhaço e aspirante a comediante, no vilão mestre do caos, arqui-inimigo de Batman e de como esses dois personagens se construíram vítimas, na ficção dos quadrinhos, de situações traumáticas. Arthur tem distúrbios psiquiátricos, é de uma fragilidade emocional contundente, que se vê no seu corpo magérrimo e encurvado. É uma figura que vive em torno do riso, quer fazer rir. Ele mesmo tem uma risada incontinente como um dos sintomas, risada jorro perturbador, macabro, enigmático em uma figura com verve de artista. Arthur é abusado, escarnecido e violentado, justamente, por sua fragilidade e desamparo. Mas, eis que um dia os medicamentos fornecidos pelo estado são suspensos e sem seus medicamentos, ele acaba por ir em busca de sua verdade, da verdade de sua história. Esta, de certo modo, o cura, à medida que lhe permite existir.

Psicanálise e Arte em Sessão | O retrato de Dorian Gray

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura – Shopping RioMar
Data: 29 de novembro de 2019 – 19h
Hora: 19h00

O retrato de Dorian Gray
Oscar Wilde

Comentários

Fernanda Coutinho | Professora de Teoria da Literatura da UFC
Walmy Silveira | Psicanalista da SPFOR

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

SINOPSE

 

No romance um pintor faz um retrato de um belo jovem, Dorian Gray que se apaixona pela pintura e a esconde num porão onde passa a contemplá-la frequentemente. Ele observa que enquanto o retrato segue deteriorando a pessoa do retratado se conserva bela e sempre jovem. Uma versão do mito de Narciso pela qual idealizadamente a juventude e a beleza de cada um jamais pereceriam, num acordo com a ilusão de onipotência e autossuficiência através da qual o indivíduo careceria da interação, contribuições e amor do outro. O estudo do romance pode ensejar reflexões sobre essa importante característica humana o narcisismo, que através dos tempos sobretudo em nossa sociedade atual se manifesta em diferentes facetas.

Psicanálise e Arte em Sessão | 25.10.2019

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 25 de outubro de 2019
Hora: 19h00

MOULIN ROUGE
romance de PIERRE LA MURE

Comentários

Pedro Boaventura | Professor de História da arte Unifor
Maria José de Andrade Souza | Psicanalista da Spfor

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

Sinopse
O romance descreve o movimento pós- impressionista final século dezenove com os principais artistas como Cézanne, Degas, Van Gogh, Monet e outros, focalizando Henri Toulouse-Lautrec e sua peculiar trajetória pessoal e artística. A casa de espetáculos Moulin rouge é palco da boêmia de Paris da Belle époque com suas alegrias, dramas e charme. Toulouse-Lautrec é seu famoso cronista.

Psicanálise e Arte em Sessão – Filme: Um homem de Sorte

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 30 de agosto de 2019
Hora: 19h00

Um homem de Sorte
Filme de  Bille August

Comentários

Galdino Freitas Jr. – Diretor de Marketing da Associação Cearense de Cinema
Erbon Araújo – Médico cirurgião e psicanalista

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

SINOPSE

O filme “Um Homem de Sorte”, baseado no livro “Lykke-Per”, agraciado pelo Nobel de Literatura em 1917 do escritor Henrik Pontoppidan, é um drama de época ambientado na Dinamarca do fim do século 19.
Dirigido por Bille August, com 2 horas e 47 minutos, o filme conta a história de Peter Andreas Sidenius (Esben Smed).
O Jovem Peter nasceu numa família cristã protestante de costumes rígidos e avessa às mudanças que à época se consolidavam. Ao ser admitido em uma faculdade de ciências e tecnologia, Peter rompe com a família e suas raízes religiosas abandonando-as seguindo para Copenhague a fim de tentar a sorte.
Determinação, inteligência e talento são características marcantes do personagem que permitem que ele desenvolva um arrojado e revolucionário projeto na área de produção de energia e desperte a simpatia de pessoas influentes da sociedade. Todavia, o orgulho juntamente com outros aspectos da sua personalidade torna-se forte empecilho para o seu progresso pessoal e profissional.
Além de ressaltar a importância dos valores para se conviver em sociedade, o filme “Um homem de sorte” suscita questionamentos em torno do ponto de inflexão onde um homem de talento e de futuro promissor muda sua trajetória de ascensão para uma direção contrária de decadência e ruína.

 

Psicanálise e Arte em Sessão – Filme Relatos Selvagens

Psicanálise e Arte em Sessão

Local: Livraria Cultura Shopping Varanda Mall
Data: 28 de junho de 2019
Hora: 19h00

Relatos Selvagens
Filme de Damián Szifron

Comentários
Régis Frota | Cineasta
Lourdes Negreiros | Psicanalista SPFOR

Entrada Franca
Contato: 3264 7709

Sinopse

O filme do argentino Damián Szifrón é composto, de seis  episódios independentes, mas que se entrelaçam  tematicamente, costurando uma série de reflexões sobre a agressividade e apontando a  tênue separação entre o humano e o selvagem. Uma obra sobre o ódio  em situações extremas, o longa investiga com acidez   e  humor negro a atual sociedade que construímos e alguns de seus mais profundos vícios e angústias. Vingança, frustração,violência, mágoa, traição e sede de poder, permeiam o funcionamento dos personagens denunciando   que em situações limite a agressividade pose ser atuada de forma selvagem.
Os relatos selvagens conduzidos por Szifrón fazem com que o espectador seja convidado a transitar entre o humor e a violência dramática e nos  provoca a  pensar sobre o limite frágil que separa a civilização da  barbárie.
Afinal ate onde somos capazes de ir quando confrontados com situações quer nos incitam a perder o controle?

PROGRAMA ESCUTAR E PENSAR – Tema: Mãe, ontem e hoje

PROGRAMA ESCUTAR E PENSAR

Tema: Mãe, ontem e hoje
Apresentação: Maria Livia Marchon

Data: 09 de maio  de 2019
Horário: 14h às 15h
Rádio Universitária FM 107.9
www.radiouniversitariafm.com.br

CONVIDADAS

DENISE TELES RODRIGUES
Psicóloga e especialista em Psicoterapia Psicanalítica pela Escola de Psicoterapia Psicanalítica de Fortaleza – EPPF

LINA SCHLACHTER CASTRO
Doutora em Psicologia Clínica pela University of Tennessee e mestre em Teoria Psicanalítica pela UFRJ

Participe do Programa
Telefone: 3366.7474

Menino Henry

O choque diante da morte violenta de um menino de apenas 4 anos é também um alerta para a necessidade de escutar as crianças …

Psicanalise e Arte em Sessão – Hamlet

Por que Hamlet, grande tragédia de William Shakespeare, escrita em 1601, continua tão atual e ainda encanta amantes da …

Psicanálise e Arte em Sessão – 1984 George Orwell

1984 George Orwell Coordenadora Maria José de Andrade Souza Membro efetivo (IPA) Analista didata (SPFOR) Coordenadora do …